Ensaio

Gostava de saber como vivem os bichos. Não me parece nada correcto assumir que se sabe porque fazem eles as coisas que fazem. Não me julgue caro leitor. Não sou negacionista, excepto quando nego. Aceito e deixo a ciência entrar na minha vida tanto quando posso, reconheço a sua utilidade, reconheço também as repercussões mais imediatas.

Mas desconfio, e hesito. Parece-me que ao morder a maçã, Adão foi preso num jardim, e não ao contrário. Arrastou consigo Eva, porque os homens já se sabe. Tal como os bichos, presos no jardim zoológicos, também nós estamos enjaulados nas masmorras do jardim do Éden. Masmorras de porta encostada, umas mais do que outras, e que nunca dão para o portão de saída. Sai-se para o corredor, divaga-se pelos caminhos labirínticos, à procura da saída, e quando julgamos estar quase, já estamos metidos outra vez na aldeia dos macacos, ou na jaulas dos leões, a viver a temática da jaula.

Eu cá gosto de andar nos corredores. Há cada vez menos animais como eu nos corredores. A direção de marketing do Zoo anda apreensiva quanto aos passeadores, dizem precisar de mais atrações nas jaulas, mais espetáculo. De vez em quando lá encaminham uns quantos na direção certa. Desconfio de que o que eles querem é ter os corredores limpos, não sei para quê. Talvez não tenham percebido que o jardim não tem fim, e que os corredores são prisões como as jaulas.

No outro dia vi um macaco atirar-se a outro macaco, não no jardim, fora dele, pois estou a falar de dois macacos macacos, e não a referir-me a pessoa macaco. Imaginei o porquê da pancadaria, queria dar significado aquilo. Uma mania minha. Depois fui desenhar palavras para a gaiola dos canários, como de costume.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.